Metade dos jovens inquiridos no estudo do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências disse já ter bebido de “forma intensiva” pelo menos numa ocasião no último ano. E 33,9% relatou ter ficado com uma “embriaguez severa”. Crescimento é maior entre raparigas.

Por isso, a Associação de Apoio aos Doentes com Insuficiência Cardíaca divulga hoje um documento europeu que “espelha a urgência” de uma tomada de ação.

 

Os desenvolvimentos nas técnicas de produção e extracção, bem como a criação de mercados legais fora da União Europeia, são alguns dos factores que contribuem para o aumento da potência.

 

O secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, preside hoje à cerimónia de abertura da II Jornada ‘Comunicação em Saúde’.

 

Só Santa Cruz e Porto Santo apresentaram taxas de crescimento efetivo positivas

 

Regresso dos emigrantes da Venezuela não foi o suficiente para contrabalançar o aumento do número de óbitos e a quebra na natalidade.

 

A lei que proíbe a publicidade de bebidas e alimentos com elevados níveis de sal, açúcar e gorduras em escolas, parques infantis, cinemas e outros locais frequentados por menores de 16 anos entrou ontem em vigor.

 

Decorreu, há pouco, na sala de conferências do Hospital Dr. Nélio Mendonça, a VI Reunião de Neonatologia. O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, esmiuçou alguns dados, referindo assim que a “Madeira tem a taxa de mortalidade infantil mais baixa do país”, acrescentando que “constatável ao nível do profissionalismo, da dedicação e do empenho dos médicos, dos enfermeiros e dos assistentes operacionais”.